sábado, 3 de setembro de 2011

O Rosário



A Virgem SSma mostra sempre sua predileção por esta oração; desde antigos séculos, já se fazia ecoar em seu ouvido pelos queridos filhos e filhas da terra, que em suas alegrias ou agruras da vida a recorriam com fé, levando nos lábios a saudação do anjo Gabriel, a expressão do coração do Eterno Pai, com a qual convidava-a a uma selada aliança. Eis porque esta oração é tão poderosa, pois são como que palavras de Deus transmitida pelo anjo à sua predileta; é uma revelação da parte do Altíssimo sobre a Virgem Maria... A cheia de graça, estava totalmente preparada para o que queria dela. Já tinha chegado a hora, “a plenitude dos tempos”, e já não havia mais o que esperar, ela estava repleta de suas bênçãos; o tempo de preparação e de espera já não existe mais para o cumprimento do seu plano.

A primeira parte desta oração é uma expressão do próprio Deus. A segunda é inspirada pelo Espírito Santo a Isabel que declara virtudes e qualidades da Santíssima Virgem: bendita, bem-aventurada, feliz; e porque acreditou em Deus, lançou-se de corpo e alma nos braços do eterno Amor. A terceira parte é a certeza, a simplicidade, a consciência e esperança dos seus filhos e filhas que por intuição gritam e bradam pelo socorro da Mãe cuja súplica é onipotente: Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na... A Mãe nunca é dispensável aos filhos em todos os momentos da vida principalmente sua presença consoladora na nossa hora final, nas últimas etapas da nossa vida de exilados, expatriados, nestes momentos ela não nos pode faltar. Temos incontáveis fatos verídicos de pessoas que na hora da partida sentem ou vêem a presença da doce Mãe do céu ao seu lado. Os santos seus devotos, os religiosos, como nossa Santa Mãe Beatriz nos deixou a certeza da fidelidade da Virgem em todos os momentos de sua existência. Como também todos aqueles que a saúdam cada dia com a mensagem do Eterno Pai. A repetição destas odoríferas palavras cujo eco enche o universo dia e noite, noite e dia, enchem de alegria o coração de nossa terna Mãe.

Porque recorda o momento da maternidade divina, sua elevação à ordem hipostática, a realização infinita do sonho de Deus. Deus com o homem e o homem com Deus; Ele está entre nós! Voltamos a passear juntos no jardim. Este acontecimento teve conseqüência em toda a vida da Santíssima Virgem. O novo Adão e a nova Eva juntos restaurando o objetivo único de nossa criação, vivendo de mãos dadas com seu Filho Jesus. Por isso o recitar o rosário é um voltar-se para os mistérios salvíficos do nosso Bom Deus, vivendo juntamente com Maria as alegrias, dificuldades, tristezas, morte e triunfo, acompanhados e contemplados pelo seu coração de Mãe que não o perdia de vista, não perdia nada, mas, tudo guardava para pensar, refletir e contemplar.

Rezar o santo rosário é tornar presente o momento em que se completou a plenitude dos tempos e entrou em contato com a Fonte do Amor de Deus que veio ao nosso encontro; é ficar e sentir-se junto de nossa Mãe olhando, observando o seu olhar para tudo silenciosamente acolher e guardar os tesouros de graças que encerram esta aparente e simples oração mas que é de uma riqueza e eficácia incomparável.

A nossa Mãe Igreja nos recomenda muito esta oração e a própria Santíssima Virgem a confirma e a aprova nas suas aparições. Rosário vem de rosas, rezar o rosário é coroar a nossa Mãe com cento e cinquenta rosas daquela inesquecível saudação. Que bom para nós vivermos entretidos continuamente com a Rainha do céu nos mistérios do amor de Deus que não esquece seus amados filhos.

Existe um livro que conta a História do Rosário. Achei muito interessante, principalmente a ligação que os primeiros cristãos e os monges faziam destas três expressões: rosa, rosário e jardim. Estão como que entrelaçados.
Virgem do Rosário, intercedei por nós!


Ir. Maria de Guadalupe do Menino Deus
Mosteiro da Imaculada Conceição e São José
Fortaleza – Ce.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Monjas do Mosteiro

Profissão Solene de Ir. Maria de Fátima-OIC

Fundadora do Mosteiro

Amigos e benfeitores

Me. Beatriz Maria de Jesus Hóstia Seiffert- Fundadora do Most. da Imaculada Conceição e São José

Me. Beatriz Maria de Jesus Hóstia Seiffert-  Fundadora do Most. da Imaculada Conceição e São José
me Beatriz Maria

Algumas das Monjas da comunidade

Algumas das Monjas da comunidade

Monjas do Mosteiro