sexta-feira, 29 de novembro de 2013

2o DIA NOVENA


Em preparação a solenidade da Imaculada Conceição


2o  DIA.
Fundamentos do amor a
Virgem Imaculada.

D.
         O Concílio precisa os pontos básicos das relações de amor entre os filhos peregrinos  sobre  a  terra e  a dulcíssima Mãe do Céu. Expõe-nos os motivos fundamentais ou o “fundamento teológico”.


T.
         As nossas relações com a Virgem Imaculada, devem estar repletas de veneração, amor, oração, imitação, culto.

L.
Veneração, porque está enriquecida com a suma prerrogativa e dignidade de Mãe do Deus-Filho e, portanto, filha predileta do Pai e Templo do Espírito Santo, por cujo dom excelso de graça, antecede de muito a todas as outras criaturas, celestes e terrestres. 

MAIS QUE A AURORA.

Mais que a aurora Tu surges, Maria/
Toda a terra a teus olhos sorri.
Mesmo os astros que os céus embelezam/
Perdem todo o fulgor junto a Ti.

REF: Brilhas qual sol radiante,
         Pura és como a lua/
         E a estrela mais bela /
         Bem inveja a beleza Tua.

D.
Amor porque, unida a todos os outros homens na estirpe de Adão que devem ser salvos, Ela é verdadeiramente Mãe dos membros de Cristo, porque cooperou com seu  amor, para   o   nascimento  dos  fiéis  na
Igreja, os quais são membros desse Chefe.

Neste dia (V.C. 665)
1-    Neste dia, ó Maria/
/:/ Nós te damos nosso amor! /:/

2-    Céus e terra ‘stão cantando/
/:/ Celebrando teu louvor! /:/

3-    Dá-nos sempre, Mãe querida/
/:/ Nesta vida puro amor /:/

D.
Oração, porque, com sua multíplice intercessão, continua a obter-nos as graças da salvação eterna. Com sua maternal caridade cuida dos irmãos de seu Filho, ainda peregrinos e debatendo-se nos perigos e dificuldades,   até   que   sejam  conduzidos  à Pátria feliz. Por isso, a Virgem é invocada na Igreja com os títulos de Advogada, Auxiliadora, Socorro, Mediadora.

Quando na terra a Santa Igreja sofre.

Quando na terra a Santa Igreja sofre/
Quando o inimigo cruelmente a fere/
Acorre a Virgem desde o Céu piedosa/
Auxiliadora, Amém.

T.
         Imitação, porque Maria Imaculada refulge como modelo de virtude diante de toda a comunidade dos eleitos.

AVE  MARIA .

Ave Maria, Mãe de doçura,
Eu vos saúdo com Gabriel,
Quem igualar- vos pode em candura,
Cheia de graça honor de Israel.

Vós sois bendita sim, entre as tantas,
Virgem sublime  do nosso val,
Pura entre as puras, santa entre as santas,
Entre as mulheres sois sem igual.


Bendito é o Fruto do vosso seio,
O Verbo eterno que nos salvou,
Dos céus descendo, por nós veio,
Ave Maria Virgem sem par.

D.
         Culto, o culto que lhe rendemos  não pára nEla, mas chega irresistivelmente, ao amor para com o Filho. Enquanto se honra a Mãe, é devidamente conhecido, amado e glorificado o Filho, para o qual todas as coisas foram feitas e no qual aprouve ao Eterno Pai, colocar toda a plenitude.

Mãe de Deus e nossa, vimos te louvar,
Pra que o mundo possa, sempre mais te amar,
Dignos  Deus nos faça, de te exaltar,
Dá- nos tua graça, para te cantar.

Dentre as criaturas, tu és a mais linda,
Igual formosura, não se viu ainda,
Deus te fez formosa, pura e Imaculada,
Mais que o lírio e a rosa, tu és perfumada.

Nova criatura,  privilegiada,
Foste sempre pura, a mais resgatada,
O Divino Verbo de te se encantou,
E do trono  eterno, em ti repousou.





T.
         Marginalizar Nossa Senhora significa, portanto, colocar-se à margem da Igreja, longe de Jesus e da graça. É expor-se inevitavelmente ao vazio do divino na alma, à aridez, à esclerose espiritual.

L.
         Colocar a Virgem  Imaculada em nossa vida interior, à luz da teologia, sem histerismos ou vãos sentimentalismos, significa viver em autêntica sintonia com a Igreja, fortificar-se de seiva espiritual, infundida em nossa alma pela divina graça.

D.
         Quanto mais intenso for o nosso amor à Virgem Imaculada, tanto mais forte será a abundância de graça que receberemos. Quanto mais intenso o desejo de servir e celebrar o Mistério de Maria em sua Conceição Imaculada, esforçando-nos por viver as Suas atitudes no seguimento de Cristo CCGG 9 § 2, tanto maior o dom de luz e de santificação que Ela nos comunicará.


LOUVEMOS  COM  ALEGRIA.     

Ref:  Louvemos com alegria

         A  Conceição de Maria  (bis)

Salve rosa encantadora/
Da celestial mansão/
Gloriosa Fundadora/
Da Ordem da Conceição.

Nossa Bem- aventurada/
De zelo se consumia/

P’ra ver na terra exaltada/

A Conceição de Maria.

Estrela resplandecente /
Repousa doce e feliz/
Na fronte pura inocente/
Da Santa Mãe Beatriz.

Reflexão.

Oração final.
         Ó Maria, Virgem Imaculada, sois a estrela resplendente, elevada sobre o majestoso e imenso mar da vida, cintilante de méritos e resplandecente de exemplo. Quando,   na  instabilidade  contínua  da  vida
presente, percebo-me a vacilar entre as tempestades, sem apoio, fixo o olhar no fulgor de vossa estrela para não ser devorado pelos furacões.
         Para impetrar o socorro de tua oração, não esqueço teus ensinamentos. Seguindo teus exemplos, não me abaterei! Invocando-te, não perderei a esperança. Se pensar em ti, não cairei no erro. Apoiado em ti, não resvalarei! Com tua proteção, de nada terei medo, com tua guia não me cansarei. Pelo teu beneplácito, chegarei ao termo, e assim experimentarei em mim o que significa o teu nome, ó Maria. (S. Bernardo)


VIRGEM  FORMOSA.
1- Virgem formosa, ó Mãe querida,
    Tu és minha vida, vela por mim,
    E quando logo, deixar a terra,
    Leva-me Mãe, junto de Ti!
    Leva-me Mãe, leva-me ao céu,
    Ficar não posso, longe ti!

Ref:  Mãe não me abandones,
        Se me deixares me perderei.
        Volve a mim os teus olhares/
        Se me amparares, me salvarei!



Um comentário:

  1. Bom dia , teria a partitura das musicas para enviar ? obrigada!

    ResponderExcluir

Monjas do Mosteiro

Profissão Solene de Ir. Maria de Fátima-OIC

Fundadora do Mosteiro

Amigos e benfeitores

Me. Beatriz Maria de Jesus Hóstia Seiffert- Fundadora do Most. da Imaculada Conceição e São José

Me. Beatriz Maria de Jesus Hóstia Seiffert-  Fundadora do Most. da Imaculada Conceição e São José
me Beatriz Maria

Algumas das Monjas da comunidade

Algumas das Monjas da comunidade

Monjas do Mosteiro